Os entraves na promoção da acessibilidade em Diamantina: uma abordagem das vias públicas do sítio tombado pelo IPHAN

 

A presente monografia dispõe acerca dos entraves na promoção da acessibilidade nas vias públicas do centro colonial de Diamantina. Buscou-se elaborar uma revisão teórica das políticas públicas patrimoniais e de acessibilidade para compreensão e embasamento da complexidade do tema. Para tanto, esse estudo teve caráter descritivo, e a abordagem adotada foi a pesquisa qualitativa. As técnicas de pesquisa utilizadas foram observações sistematizadas com registro fotográfico de dois grupos de turistas em city tours com deslocamento no modo a pé no centro colonial. As entrevistas semiestruturadas com o representante do escritório técnico do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional de Diamantina e, com representante da Coordenadoria Municipal de Patrimônio, com objetivo de verificar junto a esses órgãos os principais entraves na promoção da acessibilidade à região estudada. Neste contexto as entrevistas com os guias e condutores de turismo almejaram apontar as principais dificuldades de acesso e redução de mobilidade dos turistas. Sendo os sujeitos de pesquisa os turistas com mobilidade reduzida que já visitaram esta cidade, os guias de turismo, condutores locais, representante do IPHAN e coordenadoria de patrimônio. Reconhece-se que devido às características topográficas e arquitetônicas do centro colonial as vias públicas não oferecem acesso seguro para todos. Os resultados obtidos permitiram considerar que os entraves na promoção da acessibilidade são além da topografia acidentada e a proteção por lei federal que a cidade possui.

 Artigo para download

 

Please reload

Artigos recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Acompanhe-nos
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon